Algodão: Demanda por pluma de boa qualidade sustenta preços

O preço do algodão em pluma continua firme, sustentado pela demanda. Com a proximidade do período de férias, compradores estão mais ativos no mercado, em busca de pluma de boa qualidade para entrega imediata.

Segundo pesquisadores do Cepea, diante da oferta restrita de produtores e da resistência de venda a preços abaixo do Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias, agentes de indústrias estão dispostos a pagar mais pelos lotes.

Do lado vendedor, cotonicultores têm restringido a oferta, já que estão à espera de preços maiores nos primeiros meses de 2014.

Além disso, estão com as atenções voltadas à semeadura da nova safra. Tradings também estão menos ativas no mercado.

Quanto aos comerciantes, devido à diferença de preço entre comprador e vendedor, têm tido dificuldades em efetivar negócios “casados”. Entre 3 e 10 de dezembro, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento em 8 dias subiu 0,15%, fechando a R$ 2,1251/lp na terça-feira, 10. Na parcial deste mês, o Indicador registra alta de 0,58%.

Fonte: Agrolink