Exportações dos principais produtos agropecuários de MS fecharam 2014 em alta

As exportações dos principais produtos agropecuários de Mato Grosso do Sul encerraram 2014 com elevações superiores a 6% em 2014 frente 2013, com exceção do milho. A informação é do Departamento Econômico do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS divulgado no último boletim informativo da instituição.

As vendas externas da soja encerraram o ano com alta de 6,6% no volume negociado em 2014 em comparação a 2013. Ao todo, foram comercializadas 2,43 milhões de toneladas, contra 2,28 milhões de toneladas registradas no ano anterior. A China foi o principal comprador no período analisado, respondendo por 77,6% das vendas. “Já esperávamos que em 2014 não teríamos uma alta tão expressiva nas exportações deste segmento, o que pode ser explicado pelas expectativas da supersafra norte-americana”, ressalta a gestora do Departamento de Economia do Sistema Famasul, Adriana Mascarenhas.

Já no mercado pecuário, o que frustrou uma alta mais significativa nas exportações de carne bovina in natura foi a crise na Rússia, segundo a economista Adriana. “O impacto da crise enfrentada pela Rússia, o nosso maior comprador, não permitiu a ampliação que esperávamos para as vendas de 2014 e também resultou na redução das negociações, tanto que em dezembro, o país caiu da 1ª para a 5ª posição no ranking de maiores compradores da nossa carne “. De acordo com o Departamento de Economia da instituição, em 2014, as exportações sul-mato-grossenses de carne bovina in natura subiram 6,7%, saindo de 139,31 mil para 148,57 mil toneladas.

Assim como no segmento bovino, os mercados de aves e de suínos também fecharam o ano com elevação quando comparados a 2013. Segundo os números da Famasul, em 2014 foram exportadas 14,6 mil toneladas de carne suína, com alta de 15%. Enquanto isso, os embarques internacionais de carne de frango aumentaram 16%, totalizando 161,2 mil toneladas no período analisado.

Em sentido inverso aos produtos citados, apenas o milho fechou o ano com resultado negativo em comparação ao total vendido no ano anterior. Ao todo, foram exportadas 1,42 milhão de toneladas do grão em 2014, com redução de 23,5% frente em 2013. “Um dos fatores que pode explicar essa queda nas negociações deste segmento é a redução das importações de milho pelo Japão, país que registrou no ano uma estagnação econômica”.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

*

captcha *