Termina vazio sanitário de algodão em MS, MT e GO

Produtores já podem iniciar a semeadura da cultura.

Os cotonicultores de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e de Goiás estão autorizados e iniciarem a semeadura do algodão herbáceo safra 2014/2015, com o fim do vazio sanitário da cultura.

O período teve início no dia 30 de setembro, quando todas as lavouras deveriam estar livres de qualquer planta nas lavouras e as soqueiras da safra passada devidamente destruídas.

Quem seguiu as regras corretamente recebeu o Certificado de Destruição de Soqueiras. O documento permite o recebimento de incentivos por meio do Programa de Desenvolvimento da Produção Agropecuária de Mato Grosso do Sul (PDagro).

A restrição ao plantio da cultura foi determinada por uma resolução da secretaria estadual de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), como forma de controlar o Bicudo do Algodoeiro (Anthonomus grandis).

Neste período, em Mato Grosso do Sul, o vazio sanitário atingiu os municípios de: Costa Rica, Chapadão do Sul, Cassilândia, Alcinópolis, São Gabriel do Oeste, Água Clara, Paraíso das Águas, Sonora, Camapuã, Coxim, Figueirão, Pedro Gomes e Rio Verde de Mato Grosso.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

*

captcha *